IOSC - Instituto de Olhos Santa Catarina S/S
Responsabilidade Técnica IOSC
Dra. Leda das Neves Almeida Sandrin
CRM 6039 / SC / RQE 1496

Atendimento: 49 . 3323 9000
Siga-nos:

INFORMATIVOS Urologia

Entenda mais sobre Cálculo Renal com o IOSC



Também chamado de “pedra no rim” ou “litíase urinária”, o cálculo urinário é formado pela agregação de sais que compõem a urina, formando verdadeiras pedras no sistema urinário (rim, ureter, bexiga ou uretra). Eles podem acometer pessoas de todas as idades, porém são mais frequentes em homens entre 20 e 40 anos.

COMO O CÁLCULO URINÁRIO SE FORMA?
O mais provável é que aconteça uma supersaturação de algumas substâncias da urina que formam cristais e, em seguida, se agregam formando o cálculo. Essa supersaturação pode ocorrer pelo aumento de determinada substância na urina ou pela redução do volume de urina.

FATORES QUE PREDISPÕEM À FORMAÇÃO DE CÁLCULO URINÁRIO?
• Histórico pessoal prévio de cálculo;
• Histórico familiar de cálculo;
• Baixa ingestão de líquido;
• Alimentação composta por excesso de proteínas animais (carnes), gordura e sal e baixa ingestão de cálcio;
• Infecção urinária crônica;
• Sedentarismo;
• Obesidade;
• Malformações do rim;
• Antecedente de cirurgia bariátrica devido ao aumento da absorção intestinal de certas substâncias que favorecem a formação de cálculo.

QUAIS OS SINTOMAS MAIS COMUNS DESSA CONDIÇÃO?
O cálculo urinário, muitas vezes, é assintomático, e o paciente só descobre o problema por meio de um exame de imagem, como a ultrassonografia ou tomografia do abdome, por exemplo. Quando algum sinal se manifesta, é comum notar:
• cólica renal: dor intensa no flanco que irradia para a região abdominal anterior e inferior, podendo chegar até a genitália;
• sangramento na urina;
• vômitos;
• aumento da frequência urinária e redução do volume de urina.

COMO PROCEDER NESSES CASOS?
A cólica renal é uma urgência médica. É necessário buscar atendimento imediato para que o paciente seja medicado e as dores sejam aliviadas. Só então é possível realizar exames para confirmar o diagnóstico e definir o tratamento.

COMO SAO TRATADOS OS CALCULOS?
Calculos renais maiores de 6mm devem ser avaliados e o tratamento ativo deve ser discutido com o paciente. Hoje dispomos de muitos métodos para o tratamento. Pode ser através de ondas de choque ou cirurgias, a maioria dos cálculos são tratados sem cortes através dos procedimentos endoscópicos. Quanto ao cálculos ureteres, aqueles que estão no caminho entre o rim e a bexiga, cálculos de até 5mm recebem tratamento com remédios para facilitar a sua saída. Os maiores que 5mm mais frequentemente são tratados com cirurgias endoscópicas.

COMO PREVENIR A FORMAÇÃO DO CÁLCULO URINÁRIO?
• Ingerir cerca de 2 litros de água ao dia: a ingestão de líquidos promove maior diluição da urina, dificultando a cristalização de substâncias formadoras de cálculo.
• Ingerir sucos de frutas cítricas: esses sucos possuem citrato na sua composição, um protetor contra a formação de cálculo urinário.
• Reduzir o consumo de sal: excesso de sal promove aumento da excreção urinária de cálcio, um dos principais componentes dos cálculos urinários.
• Não fazer restrição de cálcio: ao contrário do que se acreditava antigamente, a restrição de cálcio aumenta a absorção de oxalato, que é outro componente importante na formação de cálculo. Por isso a recomendação é a ingestão normal de alimentos que contenham cálcio (leite e derivados).
• Consumir frutas e vegetais: graças as suas características nutricionais e grande quantidade de líquido esse tipo de alimento é protetor contra formação de cálculo.
• Controlar o peso: em obesos há aumento da excreção urinária de substâncias que promovem a formação de cálculo.
• Praticar exercício físico: o sedentarismo está associado com a maior incidência de cálculo urinário.

Clique aqui e faça o Pré-agendamento da sua consulta com o nosso especialista o Dr. Bruno Von Mühlen.

#VivaMelhor - O Nosso Olhar está em Você!

Fonte: Dr. Bruno Von Mühlen





ONDE ESTAMOS
Rua São Marcos, 924, Ed. Santa Maria
Chapecó / SC
89812-211

FALE CONOSCO
49 . 3323 9000
contato@iosc-br.com

ATENDIMENTO
Segunda à sexta:
Das 07h30 às 19h
Sem intervalo de almoço