IOSC - Instituto de Olhos Santa Catarina S/S
Responsabilidade Técnica IOSC
Dra. Leda das Neves Almeida Sandrin
CRM 6039 / SC / RQE 1496

Atendimento: 49 . 3323 9000
Siga-nos:

INFORMATIVOS Alergia e Imunologia

Uno Chapecó promove Aula de Alergia Alimentar com doutora e especialista do IOSC




Com o objetivo de complementar o conhecimento dos acadêmicos de Medicina sobre Alergia Alimentar, a Uno Chapecó promoveu uma Aula com a doutora e especialista, Dra. Leda das Neves de Almeida Sandrin, responsável técnica do IOSC Hospital Dia, com o tema: Alergia Alimentar: Mito ou Verdade?, no dia 23 de Abril, em Chapecó (SC).  
 

A Instituição buscou estar engajada na programação da Semana Mundial de Alergia, realizada entre os dias 07 e 13 de abril, pela World Allergy Organization (WAO), e organizada no Brasil pela Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI). Com o tema:  "Alergia Alimentar: Um Problema Global", a Semana Mundial foi dedicada a conscientização sobre diagnóstico, tratamento e prevenção das diversas formas de alergias. Com esse foco, a especialista em Alergia e Imunologia, apresentou a aula e desenvolveu os conteúdos propostos pelas instituições. 




Semana Mundial de Alergia:
(Fonte ASBAI) 


No Brasil, não há estatísticas oficiais, porém, a prevalência parece se assemelhar à literatura internacional, que mostra cerca de 8% das crianças com até dois anos de idade e 2% dos adultos sofrendo algum tipo de alergia alimentar. Mais de 170 alimentos são considerados potencialmente alergênicos, apesar de uma pequena parcela deles ser responsável por um maior número de reações: leite, ovo, soja, trigo, amendoim, castanhas, peixes e frutos do mar. 



O que é alergia alimentar - É uma resposta exagerada do organismo a determinadas proteínas presentes nos alimentos. Envolve um mecanismo imunológico e tem apresentação clínica muito variável, com sintomas que podem surgir na pele, sistema gastrointestinal, respiratório e/ou cardiovascular. As reações podem ser leves, com simples coceira nos lábios, até mais graves, incluindo comprometimento de vários órgãos e potencial risco de óbito. Considerada um problema de saúde pública, a alergia alimentar está aumentando em todo o mundo. Apesar de poder se manifestar em qualquer época da vida, o quadro geralmente se inicia na infância. Dependendo do alimento e mecanismo envolvidos, a alergia pode se resolver até a adolescência ou persistir por toda a vida.

Sintomas de alergia alimentar - Pelo menos um dos sintomas citados abaixo deve ser apresentado pelo paciente para se desconfiar de uma alergia alimentar:

Reações cutâneas (vermelhidão na pele, coceira, urticária com ou sem inchaço de olhos, boca, orelhas etc.) ​ Reações gastrointestinais orais (coceira nos lábios e céu da boca, inchaço de língua ou de lábios,) e gastrointestinais baixas (dor abdominal, diarreia com ou sem presença de sangue nas fezes, vômitos, refluxo exacerbado)  ​ Reações nas vias aéreas (congestão nasal, coceira, espirros, tosse, falta de ar, chiado no peito que se iniciam de forma abrupta) ​ Reações cardiovasculares (aumento da frequência cardíaca, queda da pressão arterial, tontura, desmaios ou até mesmo perda de consciência)

Faça o download do conteúdo completo disponibilizado pela ASBAI. 
Abaixo.

Acesse o conteúdo diretamente da World Allergy Organization (WAO)
Clique aqui! 


 

Visualize o arquivo de texto


Fonte: IOSC - Resp. Técnica IOSC: Dra. Leda Sandrin (CRM 6039/SC /RQE 1496)





ONDE ESTAMOS
Rua São Marcos, 924, Ed. Santa Maria
Chapecó / SC
89812-211

FALE CONOSCO
49 . 3323 9000
contato@iosc-br.com

ATENDIMENTO
Segunda à sexta:
Das 07h30 às 19h
Sem intervalo de almoço