IOSC - Instituto de Olhos Santa Catarina S/S
Responsabilidade Técnica IOSC
Dra. Leda das Neves Almeida Sandrin
CRM 6039 / SC / RQE 1496

Atendimento: 49 . 3323 9000
Siga-nos:

Cirurgia Cabeça e Pescoço


Entenda a Especialidade

01/07/2020

A especialidade médica Cirurgia de Cabeça e Pescoço é uma das especialidades mais recentes da ciência médica. Foi normatizada pelo cirurgião americano Dr. Martin Hayes, em 1957, no Memorial Sloan-Kettering Center, em Nova Iorque, de lá difundindo-se para o restante do mundo. No Brasil, a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço existe desde 1967, e hoje atuam no país aproximadamente seiscentos cirurgiões especialistas nesta que é uma das áreas mais desafiadoras da prática cirúrgica.


POR QUE ESTA ESPECIALIDADE FOI CRIADA?


A anatomia da cabeça e do pescoço é extremamente delicada e complexa, composta por estruturas essenciais com íntima relação entre si, com nervos, músculos, vasos sanguíneos e órgãos que promovem ao paciente funções vitais como respiração, vocalização, deglutição, estética e harmonia associados ao

movimento da face, além de conter órgãos glandulares que controlam a produção de saliva e de hormônio tireoidiano - fundamental para a função metabólica. Estas funções e características merecem profissional médico especializado, capaz de oferecer tratamento cirúrgico visando manter função, estética e saúde enquanto minimiza riscos e complicações.


QUAL A ÁREA DE ATUAÇÃO DO CIRURGIÃO DE CABEÇA E PESCOÇO ?


O cirurgião especialista nesta área é capaz de diagnosticar e tratar cirurgicamente as doenças benignas e malignas que envolvem as regiões da boca, língua, garganta, laringe, glândulas salivares e tireoide. As doenças mais comuns são os nódulos, cistos, ínguas, tumores benignos e malignos que afetam essas regiões, incluindo tumores de pele. A atuação do cirurgião especialista é essencial para oferecer máximo benefício e mínimo riscos no tratamento e acompanhamento destas doenças.


QUANDO DEVO CONSULTAR COM O CIRURGIÃO DE CABEÇA E PESCOÇO ?


O cirurgião de cabeça e pescoço trabalha conjuntamente com dermatologistas - para cirurgia de tumores de pele e reconstrução preservando função e estética; com endocrinologistas - para cirurgias da glândula tireoide, muito comum na população feminina; com dentistas - para investigação e tratamento de lesões suspeitas na boca ou garganta; além de serem consultados devido à nódulos, cistos, ínguas na face ou pescoço, que são lesões muito comuns e que causam preocupação e ansiedade aos pacientes. O Cirurgião de Cabeça e Pescoço, apesar de dominar técnicas de cirurgia plástica reconstrutiva e utilizá-las em sua prática cirúrgica diária, não realiza cirurgias puramente estéticas, sendo estas de atuação do cirurgião plástico.


COMO POSSO PREVENIR AS DOENÇAS CIRURGIAS DA CABEÇA E PESCOÇO?

O tabagismo e o uso de bebidas alcoólicas são os principais fatores de risco para desenvolvimento de doenças malignas da região. No entanto, outras exposições de risco são ainda mais comuns, como a luz solar em excesso ao longo da vida que leva ao câncer de pele. As doenças da tireoide são muito comuns em mulheres acima dos 45 anos de idade. Para prevenir e tratar estas doenças, é importante estar atento a nódulos, cistos, ínguas e outras lesões, devendo consultar com o Cirurgião de Cabeça e Pescoço para avaliação e tratamento.


NÓDULOS NA TIREOIDE - O QUE VOCÊ PRECISA SABER?

A presença de nódulos tireoidianos é muito comum na população - especialmente nas mulheres acima dos 45 anos - podendo oferecer diversos riscos e complicações, incluindo risco de câncer.

O nódulo na tireoide pode transformar-se em câncer da tireoide com o passar do tempo, e esta transformação pode ser silenciosa, com o paciente percebendo sintomas apenas quando a doença está mais avançada. Os nódulos na tireoide também podem causar aumento do tamanho da glândula, causando desconforto ou dor no pescoço, dificuldade ou dor para engolir, dificuldade para respirar e até alterações na voz.

É importante saber se você tem nódulos tireoidianos e buscar tratamento adequado. O primeiro passo é realizar consulta com médico Cirurgião de Cabeça e Pescoço ou com médico Endocrinologista, e iniciar sua investigação.

POR QUE O CIRURGIÃO DE CABEÇA E PESCOÇO É O MÉDICO MAIS INDICADO PARA REALIZAR A CIRURGIA DA TIREOIDE: 

O Cirurgião de Cabeça e Pescoço passa por treinamento específico durante seus anos de formação para oferecer o melhor tratamento possível para as doenças cirúrgicas da tireóide, obtendo prática repetida e de alto volume quando comparado a outros cirurgiões.   Esta formação especializada é usada para oferecer melhores chances de cura e menores chances de complicações para os pacientes.  A anatomia da tireóide é complexa e delicada, e estruturas muito importantes se encontram na sua proximidade, incluindo os nervos que controlam a voz, além de glândulas que regulam a concentração de cálcio na corrente sanguínea. O conhecimento e experiência do Cirurgião de Cabeça e Pescoço são essenciais para preservar estas funções e ao mesmo tempo tratar a doença da tireoide.

O Cirurgião de Cabeça e Pescoço também se  preocupa com a estética, sabendo da importância da cicatrização correta para obtenção de melhores resultados, realizando a cirurgia com incisão de menor tamanho possível para realização segura da cirurgia.


Fonte: IOSC - Resp. Técnica IOSC: Dra. Leda Sandrin (CRM 6039/SC /RQE 1496)



ONDE ESTAMOS
Rua São Marcos, 924,
Bairro São Lucas, Chapecó / SC
89812-758

FALE CONOSCO
49 . 3323 9000
contato@iosc-br.com

ATENDIMENTO
Segunda à sexta: 07h30 às 19h.
Sábados: Até as 12h.

Tecnologia Ideia Good | © Copyright - IOSC Hospital