IOSC - Instituto de Olhos Santa Catarina S/S
Responsabilidade Técnica IOSC
Dra. Leda das Neves Almeida Sandrin
CRM 6039 / SC / RQE 1496

Horários:

INFORMATIVOS Cardiologia

Arritmia Cardíaca – Causas, Diagnóstico, Prevenção e Tratamento!



Arritmia Cardíaca – Causas, Diagnóstico, Prevenção e Tratamento

Arritmia cardíaca nada mais é do que uma alteração no ritmo cardíaco. Na maioria das pessoas os batimentos cardíacos ficam entre 60 e 100 bpm (batimentos por minuto), variando nas situações de repouso ou esforço físico.

Entretanto, alguns fatores podem alterar esse funcionamento normal e fazer o coração bater mais rápido (taquicardia) ou lento demais (bradicardia). A maioria das arritmias são benignas e não causam sintomas, porém outras podem provocar sensação de palpitações, desmaios e até o óbito.

As arritmias podem se originar na parte superior (átrios ou supraventriculares) ou inferior do coração (ventrículos). Dentre as arritmias supraventriculares destacam-se as extra-sístoles atriais; as taquicardias paroxísticas (curtos circuitos no coração), vias acessórias (Wolf-Parkinson-White), taquicardia atrial, flutter e fibrilação atrial.

A fibrilação atrial é bastante frequente na prática clínica. Trata-se de uma alteração no ritmo cardíaco caracterizada por contrações rápidas e não coordenadas dos átrios, que atinge boa parte da população, especialmente na terceira idade.

Nos ventrículos, a mais frequente é a extra-sístole, batida anormal que se assemelha a uma falha ou tranco no coração, que geralmente não necessita tratamento.

Já a taquicardia ventricular pode, em algumas situações, prejudicar o funcionamento do coração, resultando em sensação de batedeira, tontura e até desmaios, requerendo atendimento imediato. Em casos extremos ela pode levar à parada cardíaca e morte cardíaca súbita. Boa parte desses casos poderiam ser evitados se fossem diagnosticados precocemente.

CAUSAS DA ARRITMIA CARDÍACA


Boa parte das arritmias não tem uma causa definida. Podem ser de nascença, alguma deficiência no músculo do coração, decorrentes do efeito colateral pelo uso de medicamentos, uso de drogas e entre outros.

É importante manter ou adotar um estilo de vida saudável, com atividades físicas e alimentação equilibrada, evitando os fatores de risco. Assim, diminuindo a possibilidade de ser diagnosticado com a doença.

COMO A ARRITMIA CARDÍACA PODE SER DIAGNOSTICADA?


É necessário passar por uma avaliação do cardiologista, que fará a ausculta do coração, exame físico e eletrocardiograma.

Em alguns casos é necessário fazer exames mais específicos e mais detalhados, como por exemplo o teste ergoespirométrico e o Holter 24 horas – que registra o batimento cardíaco do paciente em suas atividades cotidianas 24 horas por dia. Outros exames podem ser necessários a depender dos sintomas apresentados pelo paciente.

COMO PREVENIR?


Além da prática de exercícios físicos e alimentação balanceada (baixa ingestão de sal e gorduras), é essencial a avaliação médica regular (check-up) e o controle de fatores de risco de doenças como diabetes, obesidade, hipertensão e tabagismo.

“Trata-se de uma questão que merece atenção permanente. O tratamento preventivo de arritmia cardíaca é altamente eficaz permitindo evitar grande número de casos de morte súbita” explica Dr. Pachón.

COMO TRATAR?


Existem diferentes intensidades de arritmia cardíaca, e dependendo do tipo e da intensidade que se define o tratamento necessário, como mudanças no estilo de vida, uso de medicamentos e de marcapasso.

“Nos casos de bradicardias (coração lento), os marca-passos – equipamentos que emitem impulsos elétricos para corrigir falhas no ritmo dos batimentos – podem ser implantados embaixo da pele oferecendo excelente controle do ritmo cardíaco. Atualmente, esses aparelhos são muito pequenos, não comprometendo o estilo de vida do paciente.”

Por fim, se você tem notado alterações no seu ritmo cardíaco normal, seja em repouso ou em momentos de maior esforço físico, não deixe de consultar um médico. A tecnologia para o tratamento das doenças vêm avançando cada vez mais para que não seja um incômodo para o paciente, possibilitando que você tenha uma rotina normal e saudável novamente.

#VivaMelhor
O Nosso Olhar está em Você.


O IOSC atende convênios e particular.
Faça seu agendamento aqui:
https://iosc-br.com.br/agendamento/

#IOSC #Hospital #Saúde  #Cardiologia #Cirurgia #Dermatologia #News2022

Fonte: IOSC Hospital Dia





ONDE ESTAMOS
Rua São Marcos, 924,
Bairro São Lucas, Chapecó / SC
89812-758

FALE CONOSCO
49 . 3323 9000
contato@iosc-br.com

Siga-nos:
ATENDIMENTO
Segunda à sexta: 07h30 às 19h.
Sábados: Até as 12h.

Tecnologia Ideia Good | © Copyright - IOSC Hospital