IOSC - Instituto de Olhos Santa Catarina S/S
Responsabilidade Técnica IOSC
Dra. Leda das Neves Almeida Sandrin
CRM 6039 / SC / RQE 1496

Atendimento: 49 . 3323 9000
Siga-nos:

INFORMATIVOS Dermatologia

Você sofre com Melasma? Saiba como tratar e prevenir.



MELASMA – você sofre com esta mancha?

Nem sempre tomamos os cuidados necessários com o nosso próprio corpo, e com isso, muitas vezes acabamos procurando ajuda médica apenas quando o problema aparece. Quando falamos de cuidado com a pele não é diferente pois, apesar da pele ser o nosso maior órgão do corpo, muitas vezes acabamos negligenciando-a.
Por esse motivo, muitos pacientes que vão a um dermatologista chegam desanimados e frustrados com manchas na pele, e mesmo sem a maioria saber, essas machas são chamadas de Melasma.

O que é melasma?
O melasma é uma mancha na pele adquirida e crônica, mais comum entre as mulheres, mas podendo afetar homens também.
Ela aparece com coloração acastanhada, podendo ser mais clara ou mais escura e com aspecto rendilhado.
Os locais mais comuns onde aparece são:
- Na face em geral, principalmente testa, bochechas e buço;
- Áreas expostas ao sol, como colo e braços.

O que causa o melasma?

A causa do melasma ainda é desconhecida, mas existe uma predisposição genética associada a fatores que desencadeiam o aparecimento das manchas.
Entre esses fatores podemos citar:
- Exposição solar;
- Uso de anticoncepcionais hormonais;
- Gravidez.

Por ser crônico, o tratamento do melasma é difícil, mas quando realizado com o devido acompanhamento médico, junto com os cuidados do paciente em casa, tem resultados muito eficientes de clareamento.Como primeiro passo tanto na prevenção como no tratamento do melasma, podemos citar o uso do protetor solar. É imprescindível a proteção contra a luz ultravioleta e a luz visível (presente em lâmpadas fluorescentes, telas de computadores, tablets e etc), pois ambas contribuem muito no escurecimento da mancha.
Além disso, outras formas de tratamento que podem ser citadas são:

• Medicamento em creme em casa;
• Ácidos clareadores;
• Vitamina C tópica;
• Medicamentos orais que contribuem no clareamento e proteção da luz;
Peelings químicos;
• Aplicação de alguns tipos de laser.

A escolha do melhor tratamento deve ser feita por um médico dermatologista.
E é comum associar diversos tratamentos a fim de alcançar melhores resultados no clareamento do melasma.  
É extremamente importante não se automedicar. Isso pode levar a efeitos colaterais irreversíveis e até mesmo piorar o problema.


Fique atento! Clique aqui e faça o Pré-agendamento da sua consulta com os nossos especialistas em Oftalmologia.

#𝐕𝐢𝐯𝐚𝐌𝐞𝐥𝐡𝐨𝐫 - O Nosso 𝐎𝐥𝐡𝐚𝐫 está em Você!
#IOSCHospitalDia #Oftalmologia #Saude #Visão #Verão #News2021 

 

Fonte: IOSC





ONDE ESTAMOS
Rua São Marcos, 924,
Bairro São Lucas, Chapecó / SC
89812-758

FALE CONOSCO
49 . 3323 9000
contato@iosc-br.com

ATENDIMENTO
Segunda à sexta: 07h30 às 19h.
Sábados: Até as 12h.